Crítica:

Behind her eyes ou Por trás de seus olhos foi uma das novas apostas de Minissérie da Netflix para fevereiro. Desde seu lançamento na plataforma de streaming a série tem emplacado no top 10.

Mas o que torna a série tão boa?

Embora o enredo seja simples, o que torna a série boa é o mistério que envolve cada um dos episódios. O que a princípio pensamos ser um thriller como qualquer outro, se transforma a partir do desenvolvimento do enredo.

Acredito que esse é justamente um dos pontos fortes da série. Junto a uma ótima atuação, em especial de Eve Hawson (Adele), e um roteiro que vai sendo destrinchado aos poucos, o espectador é “enganado” a todo momento. Hora julgamos um personagem, ora outro, e ao mesmo tempo seguimos sem a certeza de nada.

Enquanto isso, um pano de fundo de realidade alternativa prossegue, lento a princípio, até chegar a grandes proporções, culminando com um final de cair o queixo. Alguns afirmam que é só pelo final que a série valeu a pena, eu acredito que não.

O clima de mistério, bem como o desenvolvimento dos personagens e as revelações do passado que vão surgindo foram bem empregadas com o contexto do presente, que se mescla ao passado no final. Não acho que os episódios tenham sido cansativos, pelo contrário, o clima é quase sufocante, no bom sentido. Você não vai querer parar depois de ter começado.

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google

Você está comentando utilizando sua conta Google. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

Conectando a %s